Consumo de (i)mobilidades e discurso: a cultura da mobilidade na publicidade das marcas

Maria Alice de Faria Nogueira

Resumo


Este artigo tem como objetivo apresentar os resultados da pesquisa de Doutorado da autora que investigou a cultura da mobilidade (URRY, 2003) a partir de seus discursos e suas representações, com especial interesse na comunicação publicitária global. A hipótese de que há um consumo de (i)mobilidade sendo feito quando o indivíduo sai em busca de objetos que suportem sua (i)mobilidade cotidiana com certa estabilidade e menor risco foi validada, a partir da interpretação do discurso publicitário de marcas globais veiculado no Brasil em três momentos distintos: junho de 1982, junho de 1998 e junho de 2014, durante o período da Copa do Mundo FIFA. A metodologia da pesquisa foi baseada na Hermenêutica de Profundidade (THOMPSON, 2000) e utilizou a semiótica pierciana (SANTAELLA, 2005) na análise formal de 40 anúncios impressos.


Palavras-chave


Mobilidade em potência; Discurso publicitário; Publicidade global; Hermenêutica de profundidade; Copa do Mundo Fifa

Referências


APPADURAI, A. The social life of things: commodities in cultural perspective. Reino Unido: Cambridge University Press, 1986. Kindle Edition para iPad.

BAUDRILLARD, J. A Sociedade de Consumo. Lisboa: Edições 70, 1970. 247 p.

BECK, U. Mobility and the cosmopolitan perspective. In: WEERT, C.; AUFMANN, V.; KESSELRING, S. (Eds.). Trancing mobilities: towards a cosmopolitan perspective. Reino Unido: Ashgate, 2008. p. 25-36.

GADAMER, H-G. Verdade e Método: traços fundamentais de uma hermenêutica filosófica. Petrópolis: Vozes, 1999. (1. ed. 1948).

HALL, S. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 2003. 102 p.

KAUFMANN, V. Re-thinking mobility. Contemporany sociology. Reino Unido: Ashgate, 2002. 112 p.

KAUFMANN, V.; MONTULET, B. Between social and spatial mobilities: the issue of social fluidity. In: WEERT, C.; KAUFMANN, V.; KESSELRING, S. (Eds.). Tracing mobilities: towards a cosmopolitan perspective. Reino Unido: Ashgate, 2008. p. 37-55.

KESSELRING, Sven. Mobility risk society. In: WEERT, C.; KAUFMANN, V.; KESSELRING, S. (Eds.). Tracing mobilities: towards a cosmopolitan perspective. Reino Unido: Ashgate, 2008. p. 77-102.

MAIA, J. M.; ROCHA, L. Protests, protests, everywhere. Will the “June Journeys” Spoil Brazil’s bid for Glory? Cairo Review, n. 12, p. 79-85, 2014.

MCCRACKEN, G. Cultura & consumo. Rio de Janeiro: Mauad, 2003. 206 p.

MCCRACKEN, G. Consumo e Cultura II: mercados, significados e gestão de marcas. Rio de Janeiro: Mauad, 2012. 304 p.

MILLER, D. Trecos, troços e coisas: estudos antropológicos sobre a cultura material. Rio de Janeiro: Zahar, 2013. Kindle Edition para iPad.

NERI, M. C. (Coord.). A nova classe média: o lado brilhante dos pobres. Rio de Janeiro: FGV/CPS, 2010. Disponível em: http://www.cps.fgv.br/cps/ncm/. Acesso em: 1 abr. 2016.

NERI, M. C. De Volta ao País do Futuro: Crise Europeia, Projeções e a Nova Classe Média. Rio de Janeiro: FGV/CPS, 2012. Disponível em: http://www.cps.fgv.br/cps/ncm2014/.

NOGUEIRA, M. A. F. Consumo e Publicidade: apropriação localizada e mensagem global. Dissertação de Mestrado em Comunicação Social. PUC-Rio. Março de 2010. 112p. Disponível em: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/16030/16030_1.PDF.

NOGUEIRA, M. A. F. Mobilidade em potência e discurso publicitário na sociedade contemporânea globalizada. Tese de Doutorado em História, Política e Bens Culturais. Centro de Documentação da História Contemporânea do Brasil, FGV-RJ. Março, 2015. 329p. Disponível em: http://hdl.handle.net/10438/13704.

ORTIZ, R. Mundialização e cultura. Rio de Janeiro: Brasiliense, 2003. 235 p.

ROCHA, E. P. G. Magia e Capitalismo: um estudo antropológico da publicidade. 3. ed. São Paulo: Brasiliense, 1985. 162 p.

SIMMEL, G. Ensaios sobre a teoria da história. Rio de Janeiro: Contraponto, 2011. 107 p.

THOMPSON, J. B. Ideologia e cultura moderna: teoria social crítica na era dos meios de comunicação de massa. Petrópolis: Vozes, 2000. 427 p.

VISENTINI, P. F. A projeção internacional do Brasil. 1930-2012. São Paulo: Elsevier, 2013. 151 p.

URRY, J. Mobile Cultures. Reino Unido: Lancaster University, Department of Sociology, 2003. (1. ed. 1999). Disponível em: http://www.lancaster.ac.uk/fass/resources/sociology-online-papers/papers/urry-mobile-cultures.pdf. Acesso em: 1 abr. 2016.

URRY, J. Mobilities. Cambridge, Reino Unido: Polity Press, 2007. 325 p.




DOI: http://dx.doi.org/10.18568/cmc.v13i36.1039

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Comunicação Mídia e Consumo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Diretórios e Indexadores: REVCOM l UNIVERCIENCIA l Sumários.org l LIVRE l Latindex l EBSCO l CENGAGE Learning l DOAJ l IBICT/SEER l Portal de Periódicos da CAPES l Diadorim  | 

Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP

CEP: 04018-010 - e-mail: revistacmc@espm.br