A Igreja entra no clima: comunicação, educação e consumo em “Sobre o cuidado da casa comum” - encíclica papal de Francisco.

Antonio Hélio Junqueira

Resumo


A conformação tridimensional do campo comunicação/educação/consumo objetiva dar conta dos complexos processos e relações que envolvem a construção do cidadão enquanto ator social ativo na produção das suas próprias identidade e cultura e responsável pelo seu destino histórico. Em seu bojo, tanto a educação quanto o consumo – sob mediação das agências de socialização tradicionais e dos meios de comunicação – adquirem estatuto de direito. Trata-se do direito inerente aos sujeitos de construírem-se material e simbolicamente na busca libertadora, problematizadora e reflexiva de sua própria educação, no exercício pleno da sua cidadania. A pesquisa evidencia, a partir da análise da encíclica papal Laudato si’ a construção discursiva do campo comunicação/educação/consumo, sinalizando para a pertinência e eficácia deste no entendimento da construção de sujeitos críticos na sociedade contemporânea.


Palavras-chave


consumo sustentável; comunicação; educação; sustentabilidade

Texto completo:

PDF

Referências


ARENDT. H. A condição humana. 8 ed. Rio de Janeiro: Forense, 1997.

BACCEGA, M. A. Comunicação/educação e a construção de nova variável histórica. Comunicação & Educação, São Paulo, Paulinas/ECA, Ano XIV, n.º 3, p. 19-28, set./dez. 2009.

______. Comunicação/educação: relações com o consumo. Importância para a constituição da cidadania. Comunicação, Mídia e Consumo, São Paulo, v.7, n.º 19, p. 49-65, jul. 2010.

______. Comunicação/educação: um campo em acção. In: FIDALGO, A.; SERRA, P. (Orgs.). Actas do III Sopcom, VI Lusocom e II Ibérico, Vol. IV. Covilhã: Universidade da Beira Interior, 2005. p.383-393.

______. Consumo e identidade: leituras e marcas. In: BACCEGA, M.A. Comunicação e culturas do consumo. São Paulo: Atlas, 2008. p.1-11.

______. O consumo no campo comunicação/educação: importância para a cidadania. In: ROCHA, R.M.; CASAQUI, V. (Orgs.). Estéticas midiáticas e narrativas do consumo. São Paulo: Sulina, 2012. p. 248-265.

BAUMAN, Z. Vida de consumo. Buenos Aires: Fondo de Cultura Económica, 2008.

CAMPBELL, C. A ética romântica e o espírito do consumismo moderno. Rio de Janeiro: Rocco, 2002.

CANCLINI, N. G. Consumidores e cidadãos – conflitos multiculturais da globalização. Rio de Janeiro: UFRJ, 1996.

DOUGLAS, M.; ISHERWOOD, B. O mundo dos bens: por uma antropologia do consumo. Rio de Janeiro: Ed UFRJ, 2004 (Coleção Etnologia).

FEATHERSTONE. Cultura de consumo e pós-modernismo. São Paulo: Studio Nobel, 1995.

FREIRE, P. Extensão ou comunicação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

GIDDENS, A. A política da mudança climática. Rio de Janeiro: Zahar, 2010.

_________. Modernidade e identidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2002.

GREGOLIN, Maria do Rosário. Análise do discurso e mídia: a (re) produção de identidades. Comunicação, Mídia e Consumo, ESPM, São Paulo, v.4, n.11, p.11-25, nov. 2007.

HARVEY, D. Condição pós-moderna: uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. 17 ed. São Paulo: Loyola, 2007.

KLEIN, N. This changes everything: capitalism vs. the climate. New York: Simon & Schuster, 2014.

LIPOVETSKY, G. A felicidade paradoxal: ensaio sobre a sociedade do hiperconsumo. São Paulo: Cia das Letras, 2007.

PERES-NETO, L. A comunicação da ética e dos valores institucionais: um espaço para a redenção moral da sociedade de consumo. In: ROCHA, R. M; PERES-NETO, L. (Orgs.). Memória, comunicação e consumo: vestígios e prospecções. Porto Alegre: Sulina, 2015. p. 273-286.

PERES-NETO, L. Consumo consciente: reflexões éticas a partir do caso das “sacolinhas plásticas”. In: ROCHA, R.M.; OROFINO, M.I.R. (Orgs.). Comunicação, consumo e ação reflexiva: caminhos para a educação do futuro. Porto Alegre: Sulina, 2014. p.83-102.

ROCHA, R.M. Comunicação e consumo: por uma leitura política dos modos de consumir. In: BACCEGA, M.A. Comunicação e culturas do consumo. p.1-11. São Paulo: Atlas, 2008. p. 119-13.

ROSSETI, Regina e GIACOMINI FILHO, Gino. Comunicação, consenso social e consumo sustentável. Comunicação, Mídia e Consumo, ESPM, São Paulo, v.7, n.18, p.153-169, mar. 2010

SANTOS, L. L. dos. O discurso da sustentabilidade: fundamentos para uma análise do consumo sustentável na mídia. São Paulo, Cadernos de Pesquisa ESPM, ano II, n. 1, p. 73- 139, jan. /abr. 2006.

SENNET, R. A cultura do novo capitalismo. Rio de Janeiro: Record, 2006.

SFEZ, L. A saúde perfeita: crítica de uma nova utopia. São Paulo: Loyola, 1996.

SLATER, D. Cultura do consumo & modernidade. São Paulo: Nobel, 2002.




DOI: http://dx.doi.org/10.18568/cmc.v15i44.1755

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Comunicação Mídia e Consumo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Diretórios e Indexadores: SCOPUS lREVCOM l UNIVERCIENCIA l Sumários.org l LIVRE l Latindex l EBSCO l CENGAGE Learning l DOAJ l IBICT/SEER l Portal de Periódicos da CAPES l Diadorim  |  

Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP

CEP: 04018-010 - e-mail: revistacmc@espm.br