O limbo da mídia: o gerenciamento da comunicação em tempos de crise

Ubiratan Muarrek

Resumo


O gerenciamento de crises de comunicação, que envolvem governos, corporações e personalidades tornou-se, nos últimos anos, uma opção atraente para profissionais de comunicação advindos sobretudo do jornalismo. Este artigo procura demonstrar, com base no arcabouço teórico dos estudos de comunicação política e economia política da mídia, que o que está em jogo é uma mudança estrutural da esfera pública, com conseqüências não apenas para o mercado de comunicação, mas para o processo político e a cidadania.
Palavras-chave: Gerenciamento de crise; esfera pública; comunica
ção política; economia política da mídia.
ABSTRACT
Crisis management in communications, involving governments, corporations and individuals has become, in the last few years, an attractive option for communication professionals that come mostly from newsrooms. This article tries to show, based in the theoretical frameworks from political communications and political economy of the media, that what is at stake is a structural transformation of the public sphere, with consequences not only for the communications market, but for the political process and citizenship.
Keywords: Crisis management; public sphere; political communications; political economy of the media.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18568/cmc.v2i3.25

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Comunicação Mídia e Consumo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Diretórios e Indexadores: SCOPUS lREVCOM l UNIVERCIENCIA l Sumários.org l LIVRE l Latindex l EBSCO l CENGAGE Learning l DOAJ l IBICT/SEER l Portal de Periódicos da CAPES l Diadorim  |  

Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP

CEP: 04018-010 - e-mail: revistacmc@espm.br