Informação e responsabilização eleitoral: o caso do Movimento Voto Consciente

Sérgio Praça

Resumo


A população brasileira costuma ser menos informada em relação aos candidatos a cargos proporcionais que aos majoritários. Em São Paulo, uma organização da sociedade civil tem por objetivo esclarecer os eleitores a respeito daqueles parlamentares que a entidade julga merecerem a reeleição. Para isso, uma lista em anos eleitorais é divulgada com a ajuda da mídia. Este trabalho busca dimensionar a importância desta entidade para a accountability vertical do sistema político, ou seja, em que medida os eleitores recompensam os parlamentares apontados como os melhores.
Palavras-chaves: Eleições legislativas, responsabilização eleitoral, terceiro setor.
ABSTRACT
It is notorious that brazilian voters know more about candidates for the Executive than for the Parliaments. When legislative elections occur, an NGO based in São Paulo draws up a list of what they think are the best candidates for reelection in the City Council. Our text intends to conclude exactly how important the Movimento Voto Conscientes list is to the promotion of electoral accountability in a system that discourages this type of popular control.
Keywords: City council elections, electoral accountability,
NGOs.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18568/cmc.v2i3.27

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Comunicação Mídia e Consumo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Diretórios e Indexadores: SCOPUS lREVCOM l UNIVERCIENCIA l Sumários.org l LIVRE l Latindex l EBSCO l CENGAGE Learning l DOAJ l IBICT/SEER l Portal de Periódicos da CAPES l Diadorim  |  

Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP

CEP: 04018-010 - e-mail: revistacmc@espm.br