O consumo da diferença: corpo e trabalho nas narrativas do "Portal da Superação"

João Carrascoza, Vander Casaqui, Tânia Hoff

Resumo


Neste artigo, temos como objeto de estudo as narrativas de pessoas amputadas, divulgadas na plataforma digital "Portal da Superação" do site Globo.com, que têm origem na trama ficcional televisiva Viver a vida, dirigida por Manoel Carlos. No referido portal, as narrativas apresentadas em versão
resumida no desfecho de cada capítulo encontram-se em versão estendida e transcendem a esfera da telenovela no processo transmidiático. Tendo como enfoque a inter-relação dos processos de comunicação e de consumo da alteridade, delimitamos nossa análise nos deslizamentos de sentido do corpo e do trabalho, considerando algumas transformações dos regimes de visibilidade da diferença.

Palavras-chave


Consumo; narrativas de superação; regimes de visibilidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18568/cmc.v7i20.281

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Comunicação Mídia e Consumo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Diretórios e Indexadores: SCOPUS lREVCOM l UNIVERCIENCIA l Sumários.org l LIVRE l Latindex l EBSCO l CENGAGE Learning l DOAJ l IBICT/SEER l Portal de Periódicos da CAPES l Diadorim  |  

Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP

CEP: 04018-010 - e-mail: revistacmc@espm.br