O apelo da cor: percepções dos consumidores sobre as imagens da diferença racial na propaganda brasileira

Ilana Strozenberg

Resumo


Anteriormente marcada pelo desempenho de papéis subordinados ou evidentemente secundários, a presença do negro na propaganda brasileira, hoje, se dá por meio de modelos que ocupam o centro da cena, fazendo da diferença racial explícita um elemento de sedução. Este estudo busca entender o modo como os valores éticos, políticos e econômicos dessas mudanças se articulam nas percepções dos principais agentes envolvidos na produção do
discurso da propaganda.
Palavras-chave: Publicidade; mercado; diferença racial.
ABSTRACT
Racial difference has become an instrument of seduction. Formerly relegated to subordinated or evidently secondary roles, black models can be seen in Brazilian advertising today right in the center of the scene, in characters meant to arouse feelings of desire and identification. This paper discusses the ways in which different professionals involved in the production of advertising messages perceive these changes and how ethical, political and economic values are articulated in their discourse.
Keywords: Advertisement; market; racial difference.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18568/cmc.v2i4.43

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Comunicação Mídia e Consumo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Diretórios e Indexadores: SCOPUS lREVCOM l UNIVERCIENCIA l Sumários.org l LIVRE l Latindex l EBSCO l CENGAGE Learning l DOAJ l IBICT/SEER l Portal de Periódicos da CAPES l Diadorim  |  

Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP

CEP: 04018-010 - e-mail: revistacmc@espm.br