Do jornalismo esportivo ao infotretenimento: o caso do contrato entre Neymar Jr. e Globo como paradigma

Carlos Peres de Figueiredo Sobrinho, Anderson David Gomes dos Santos

Resumo


O presente artigo parte do desenvolvimento teórico de uma Economia Política da Comunicação voltada aos estudos do Jornalismo para analisar as mudanças na cobertura esportiva midiática nos últimos anos, tendo como objeto de análise as mudanças no jornalismo esportivo do Grupo Globo, das questões estruturais do setor no conglomerado ao contrato com Neymar Júnior, vigente nos anos de 2014 e 2015. Mais que um legado comunicacional da Copa do Mundo FIFA Brasil 2014, esse fato representa o ápice das mudanças da cobertura esportiva cada vez mais voltada ao entretenimento que ao jornalismo.

Palavras-chave


Grupo Globo; Neymar Júnior; Cobertura esportiva; Entretenimento; Economia Política da Comunicação

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18568/cmc.v17i49.2019

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Comunicação Mídia e Consumo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Diretórios e Indexadores: SCOPUS lREVCOM l UNIVERCIENCIA l Sumários.org l LIVRE l Latindex l EBSCO l CENGAGE Learning l DOAJ l IBICT/SEER l Portal de Periódicos da CAPES l Diadorim  |  

Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP

CEP: 04018-010 - e-mail: revistacmc@espm.br