Consumo pós crise do subprime. Novos tempos na internacionalização da economia brasileira

Leonardo Trevisan

Resumo


A preocupação com o futuro da economia brasileira já chegou aos poetas e às revistas internacionais. Os efeitos da crise do subprime fazem parte dessa preocupação. Alguns desafios, como a internacionalização das empresas brasileiras, a atualização tecnológica da produção e as expectativas de consumo no País ganharam destaque nesse processo. A reunião do G-20, no entanto, mostrou que há diferentes métodos de lidar com a crise, preservando-se a maior influência do modo norte-americano de “fazer negócio”. A inserção brasileira na economia internacional, porém, acompanha mais o novo perfil das economias emergentes, que se desenvolve independentemente da crise. Nesse caminho, a maior dificuldade para a inserção internacional eficiente do Brasil, com manutenção da mobilidade social e da tendência de alta no consumo, continua a ser a frágil relaçãointerna entre educação e competitividade.

Palavras-chave


Crise do subprime; internacionalização das empresas brasileiras; expectativas de consumo; educação e competitividade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18568/cmc.v7i20.282

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Comunicação Mídia e Consumo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Diretórios e Indexadores: SCOPUS lREVCOM l UNIVERCIENCIA l Sumários.org l LIVRE l Latindex l EBSCO l CENGAGE Learning l DOAJ l IBICT/SEER l Portal de Periódicos da CAPES l Diadorim  |  

Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP

CEP: 04018-010 - e-mail: revistacmc@espm.br