Mercado, política e cultura na “baixa” Amazônia: circuitos longos e curtos

Fábio Fonseca de Castro

Resumo


O artigo discute os circuitos culturais presentes no espaço da “baixa”
Amazônia – a área de ocupação ocidental mais consolidada da região – tendo por referência três grupos populacionais, compreendidos enquanto trajetórias sociais, que se diferenciam, entre si, por seu modo de ocupação econômica e cultural do espaço. Observa-se como duas dessas trajetórias sociais participam mais ativamente dos circuitos culturais, enquanto a terceira mostra-se mais reservada em relação a eles. Procura-se interpretar essas relações de aproximação e distanciamento a partir da experiência social intersubjetiva que os envolve.

Palavras-chave


Circuitos culturais; Amazônia; Produção cultural; Trajetória social; Mercado cultural

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


ALVES, C. N. Os circuitos de informações no território: a produção musical em Recife. In: Anais do XVI Encontro nacional dos Geógrafos. Crise, praxis e autonomia: espaços de resistências e de esperanças. Porto Alegre, 25-31 jul. 2010.

BARBOSA, F. Boas intenções, poucos recursos: balanço das políticas culturais brasileiras recentes. Proa – Revista de Antropologia e Arte, v. 01, n. 01, ago. 2009. Disponível em: http://www.ifch.unicamp.br/proa/debates/debatefrederico.html. Acesso em: 15 maio

BECKER, B. Uma visão de futuro para o coração florestal da Amazônia. In: Becker, B.; Costa , F. A.; Costa , W. M. Desafios ao Projeto Amazônia. Brasília: Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), 2009. p. 215-363.

CASTRO, F. F. Capital social, comunicação e desenvolvimento na Amazônia. Relatório Parcial de Desenvolvimento de Pesquisa. Belém: UFPA, 2011.

CASTRO, F. F. Geopolítica da comunicação na Amazônia. Comunicação & Sociedade, v. 57, n. 1, p. 151-171, 2012.

CASTRO, F. F. Sistemas de comunicação na Amazônia. Fronteiras – Estudos Midiáticos, v. 14, n. 3, p. 179-191, 2012.

CASTRO, F. F. Macrodinâmicas da comunicação midiática na Amazônia. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas, v. 8, n. 2, p. 435-445, 2013.

CASTRO, F. F. Experiência social, cultura e sensibilidades amazônicas. Relatório Parcial de Desenvolvimento de Pesquisa. Belém: UFPA, 2014.

COSTA, F. A. Desenvolvimento Agrário Sustentável na Amazônia: Trajetórias tecnológicas, estrutura fundiária e institucionalidade. In: Becker, B.; Costa , F. A., Costa , W. M. Desafios ao Projeto Amazônia. Brasília: Centro de Gestão e Estudos

Estratégicos (CGEE), 2009. p. 215-363.

COSTA, F. A. Mercado e produção de terras na Amazônia: avaliação referida a trajetórias tecnológicas. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas, v. 5, n. 1, p. 25-39, 2010.

COSTA, F. A. Economia camponesa nas fronteiras do capitalismo: teoria e prática nos EUA e na Amazônia Brasileira/Francisco de Assis Costa. Belém: NAEA, 2012a.

COSTA, F. A. Elementos para uma economia política da Amazônia: historicidade, territorialidade, diversidade, ustentabilidade/Francisco de Assis Costa. Belém: NAEA,

b.

HALL, S. A identidade cultural na pós-modernidade. 5. ed. Rio de Janeiro: DP e A, 2001.

Gushiken, Y. Usos midiáticos na constituição de circuitos culturais e comunicacionais populares urbanos. Revista da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação. E-compós, Brasília, v. 11, n. 1, p. 1-15, jan./abr. 2008.

NAISBITT, J. Paradoxo global. Rio de Janeiro: Campus, 1994.

SANTOS, M. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. São Paulo: Hucitec,




DOI: http://dx.doi.org/10.18568/cmc.v13i37.1056

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Comunicação Mídia e Consumo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Diretórios e Indexadores: SCOPUS lREVCOM l UNIVERCIENCIA l Sumários.org l LIVRE l Latindex l EBSCO l CENGAGE Learning l DOAJ l IBICT/SEER l Portal de Periódicos da CAPES l Diadorim  |  

Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP

CEP: 04018-010 - e-mail: revistacmc@espm.br