O contrafluxo midiático das produções televisivas japonesas e sul-coreanas na Netflix

Krystal Urbano

Resumo


Partindo de uma perspectiva desocidentalizante no que tange a investigação dos fluxos da cultura audiovisual que se verificam em âmbito global, o artigo discute o contrafluxo midiático das produções televisivas japonesas e sul-coreanas na Netflix. Busca-se, por um lado, contribuir para ampliar os horizontes da investigação sobre o levante de pólos “periféricos” de produção televisiva em meio aos fluxos globais e, por outro, refletir sobre a distribuição e circulação dessas produções no Brasil.


Palavras-chave


Netflix; Televisão; desocidentalização; Leste Asiático; Brasil

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18568/cmc.v17i50.2164

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Comunicação Mídia e Consumo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Diretórios e Indexadores: SCOPUS lREVCOM l UNIVERCIENCIA l Sumários.org l LIVRE l Latindex l EBSCO l CENGAGE Learning l DOAJ l IBICT/SEER l Portal de Periódicos da CAPES l Diadorim  |  

Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP

CEP: 04018-010 - e-mail: revistacmc@espm.br