Ancoragens de interação em grupos midiatizados: proposta quantiqualitativa

Fernando Luiz Nobre Cavalcante, Michael Manfred Hanke

Resumo


Discute acerca das possíveis análises a enquadramentos temáticos debatidos por grupos midiatizados. Propõe uma matriz analítica, problematizando similitudes entre a comunicação face a face e a interação em grupos midiatizados, apoiando-se na abordagem de ancoragens de quadros de interação, cunhada por Erving Goffman. Procede a uma proposta metodológica, baseando-se no entendimento de que as funcionalidades técnicas de grupos de WhatsApp permitem identificar marcadores para análises quantiqualitativas dirigidas às Ciências da Comunicação e aos Estudos da Mídia.


Palavras-chave


midiatização profunda; método quantiqualitativo; análise de WhatsApp; comunicação face a face; enquadramento temático

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18568/cmc.v17i49.2227

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Comunicação Mídia e Consumo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Diretórios e Indexadores: SCOPUS lREVCOM l UNIVERCIENCIA l Sumários.org l LIVRE l Latindex l EBSCO l CENGAGE Learning l DOAJ l IBICT/SEER l Portal de Periódicos da CAPES l Diadorim  |  

Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP

CEP: 04018-010 - e-mail: revistacmc@espm.br