Dispositivos de Leitura Eletrônicos

André Lemos

Resumo


O presente ensaio visa discutir, pela ótica da teoria Ator-Rede (Actor-Network Theory) e da teoria das Materialidades da Comunicação (Materialities of Communication), os novos dispositivos de leitura eletrônicos. Em um primeiro momento compara-se a materialidade dos diversos dispositivos de leitura (computadores, tablets e leitores de livros eletrônicos – e-books readers) e, em um segundo momento, através da Teoria Ator-Rede, discute-se as novas formas de localização da informação, que tem no livro impresso a sua fonte considerada como original. Questiona-se a noção de original nas obras de arte, incluindo a literatura para afirmar a cópia como uma trajetória importante de uma origem. Nesse sentido, problematiza-se a desadaptação da cultura impressa à cultura digital.


Palavras-chave


Livro Eletrônico, Teoria Ator-Rede, Materialidades da Comunicação, Cibercultura

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18568/cmc.v9i24.239

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Comunicação Mídia e Consumo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Diretórios e Indexadores: REVCOM l UNIVERCIENCIA l Sumários.org l LIVRE l Latindex l EBSCO l CENGAGE Learning l DOAJ l IBICT/SEER l Portal de Periódicos da CAPES l Diadorim  | 

Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP

CEP: 04018-010 - e-mail: revistacmc@espm.br