Vulnerabilidade ou resistência? Um panorama da questão do consumo infantil de alimentos permeado pelo marketing e a mídia

Elisa Reinhardt Piedras

Resumo


Neste trabalho abordamos a relação das crianças com o consumo de alimentos e as estratégias de marketing e da mídia. Com base na perspectiva dos estudos culturais, elaboramos um panorama documental da questão no Brasil hoje, articulando as posições de pais, educadores, sociedade civil organizada, governo, legisladores, profissionais da indústria e da mídia. Por fim, discutimos aspectos que equilibram as visões da vulnerabilidade e da resistência infantil diante do tema

Palavras-chave


Infância. Consumo. Mídia. Publicidade. Alimentos.

Texto completo:

PDF

Referências


ALANA. Instituto Alana. Disponível em: . Acesso em: 20 mai.

BARBOSA, L. Sociedade de consumo. Rio de Janeiro: Zahar, 2004.

BLACKWELL, R.; MINIARD, P.; ENGEL, J. Comportamento do consumidor. São Paulo:

Pioneira Thomson Learning, 2005.

Buckingham, D. Crescer na era das mídias eletrônicas. São Paulo: Loyola, 2007.

______. Educação para as mídias. Disponível em:

br/formacao/formacao-continuada/david-buckingham-fala-educacao-midias-618125.

shtml?page=3>. Acesso em: 20 mai. 2012.

CONAR. O Fator Publicidade de Alimentos e Refrigerantes e sua Relação com a Obesidade

– produtos seguros, alimentação balanceada, atividade física e informação: a dieta do

Conar. São Paulo: CONAR, 2010.

______. Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária. Disponível em:

www.conar.org.br>. Acesso em: 20 mai. 2012.

CUMINALE, N. Fofura perigosa. Veja, São Paulo, 25 mai. 2012, v. 1, n. 1, p. 91.

HALL, S. Da diáspora: Identidades e mediações culturais. Belo Horizonte: Editora UFMG;

Brasília: Representação da UNESCO no Brasil, 2003.

HENRIQUES, I. Publicidade Abusiva Dirigida a Criança. Curitiba: Juruá, 2006.

JACKS, N.; ESCOSTEGUY, A. Comunicação e recepção. São Paulo: Hacker Editores, 2005.

LiNN, S. Crianças do Consumo: A infância roubada. São Paulo: Instituto Alana, 2006.

MARTÍN-BARBERO, J. Dos meios às mediações: comunicação, cultura e hegemonia. Rio de

Janeiro: Editora da UFRJ, 2003.

MOREIRA, S. Análise documental como método e como técnica. In: DUARTE, J.; BARROS,

A. Métodos e técnicas de pesquisa em comunicação. São Paulo: Atlas, 2009.

Orofino, M. Crianças, recepção e imaginários do consumo. In: Anais do XX Encontro da

Compos/GT Recepção, Usos e Consumos Midiáticos. Porto Alegre, 2011.

SOMOS TODOS RESPONSÁVEIS. Movimento Somos Todos Responsáveis. Disponível em:

. Acesso em: 20 mai. 2012.

Taddei, J. Alimento é afeto, cultura, humanidade. In: Criança e Consumo Entrevistas –

Transtornos Alimentares e Obesidade Infantil. São Paulo: Instituto Alana, 2009.

Vasconcelos, A. O controle da publicidade de alimentos não saudáveis dirigidos às

crianças: autocontrole ou sistema misto? In: VIRVATA, V. (Coord.) Infância e Consumo:

Estudos no Campo da Comunicação. Brasília/São Paulo: ANDI/Instituto Alana, 2010.

YAMAOKA, M. Hoje, elas são fofas. E amanhã? Veja, São Paulo, 30 de jun. 2010, v. 1, n. 1,

p. 84.




DOI: http://dx.doi.org/10.18568/cmc.v10i29.304

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Comunicação Mídia e Consumo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Diretórios e Indexadores: REVCOM l UNIVERCIENCIA l Sumários.org l LIVRE l Latindex l EBSCO l CENGAGE Learning l DOAJ l IBICT/SEER l Portal de Periódicos da CAPES l Diadorim  | 

Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP

CEP: 04018-010 - e-mail: revistacmc@espm.br