A mídia ensina: a criança é soberana

Maria Simone Vione Schwengber

Resumo


O presente artigo é parte de uma pesquisa inspirada nos campos dos Estudos de Gênero. Nele discuto a emergência de técnicas de governamento inerentes à modernidade e a criação de dispositivos educativos do imperativo da maternidade e da paternidade responsáveis. Defino esse processo educativo contemporâneo mais amplo como politização da família relacional – o casal. A partir do resultado das análises, focalizo um movimento que ensina – a criança é soberana.


Palavras-chave


Mídia. Gênero. Paternidade. Maternidade. Criança.

Texto completo:

PORT PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18568/cmc.v9i25.322

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Comunicação Mídia e Consumo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Diretórios e Indexadores: REVCOM l UNIVERCIENCIA l Sumários.org l LIVRE l Latindex l EBSCO l CENGAGE Learning l DOAJ l IBICT/SEER l Portal de Periódicos da CAPES l Diadorim  | 

Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP

CEP: 04018-010 - e-mail: revistacmc@espm.br