O sobre-humano nos imaginários cinematográficos bem-sucedidos

Sílvio Antonio Luiz Anaz

Resumo


Um dos fatores que explica o sucesso global de algumas produções cinematográficas é a capacidade que os imaginários que emergem delas têm em seduzir audiências e penetrar em diferentes culturas. Este artigo analisa um conjunto de narrativas cinematográficas para revelar parte dos elementos simbólicos e dos sentidos dominantes no imaginário que emergem dos filmes preferidos pela audiência. Para fazer isso, parte da contextualização dos mercados, do levantamento dos gêneros e temas de maior audiência entre 2001 e 2015 e dos conceitos sobre imaginário e mito em Gilbert Durand e Mircea Eliade. Os resultados apontam para a popularidade de uma combinação dos gêneros de aventura, ação, ficção científica e fantasia, que têm em comum o arquétipo do sobre-humano no núcleo das narrativas


Palavras-chave


Cinema; Imaginário; Mitocrítica; Sobre-humano; Hollywood

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


ANAZ, Sílvio. Do sucesso à subversão do imaginário científico-tecnológico em filmes e séries. In: Revista Comunicação Midiática, v. 11, n. 2, 2016.

ARISTÓTELES. Poética. Trad. de Ana Maria Valente. Lisboa: Calouste Gulbekian, 2004.

ARMSTRONG, Karen. Breve História do Mito. São Paulo: Companhia das Letras, 2005.

BENJAMIN, Walter. Textos Escolhidos (Os Pensadores). São Paulo: Abril Cultural, 1975.

DURAND, Gilbert. As Estruturas Antropológicas do Imaginário. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

______________ . Sobre a exploração do imaginário, seu vocabulário, método e aplicações transdisciplinares. In: Revista da Faculdade de Educação, 11 (1/2), p. 243-273, 1985.

_____________ . Passo a passo mitocrítico. Trad: Camile Fernandes Borba e Jéssica Cristina dos Santos Jardim. In: Revista Ao Pé da Letra, v. 14-2, 2012.

____________ . O retorno do mito. In: Revista FAMECOS, n. 23, 2004.

ELIADE, Mircea. Mito do Eterno Retorno. São Paulo: Mercuryo, 1992a.

_____________ . O Sagrado e o Profano. São Paulo: Martins Fontes, 1992b.

HARARI, Yuval Hoah. Sapiens: uma breve história da humanidade. São Paulo: LP&M, 2015.

JOSHI, Amit; MAO, Huifang. Adapting to succeed? Leveraging the brand equity of best sellers to succeed at the box office. In: Journal of the Academy of Marketing Science, 2012, v. 40(4), p. 558-571.

MARTEL, Frédéric. Mainstream: a guerra global das mídias e das culturas. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2012.

MORIN, Edgar. Ciência com Consciência. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2005.

MORRIS, Meaghan; LI, Siu Leung; CHING-KIU, Stephen Chan. Hong Kong Connections: Transnational Imagination in Action Cinema. Durham: Duke University Press, 2006.

NOGUEIRA, Luis. Gêneros Cinematográficos. Covilhã: LabCom Books, 2010.

O’BRIEN, Harvey. Action Movies: The Cinema of Striking Back. Nova York: Columbia University Press, 2012.

SEDGWICK, John; POKORNY, Michael. An Economic History of Film. Londres: Routledge, 2004.

SOARES, Caio Caramico. Evangelhos da Revolta: Camus, Sartre e a remitologização moderna. Tese (doutorado em Filosofia). FFLCH/Universidade de São Paulo, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.18568/cmc.v14i41.1311

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Comunicação Mídia e Consumo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Diretórios e Indexadores: SCOPUS lREVCOM l UNIVERCIENCIA l Sumários.org l LIVRE l Latindex l EBSCO l CENGAGE Learning l DOAJ l IBICT/SEER l Portal de Periódicos da CAPES l Diadorim  |  

Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP

CEP: 04018-010 - e-mail: revistacmc@espm.br