Racismo discursivo na mídia da saúde: análise a partir dos personagens presentes nos cadernos de saúde de jornais

Wellington Oliveira dos Santos, Paulo Vinícius Baptista da Silva

Resumo


Este artigo analisa formas discursivas atuantes no discurso midiático brasileiro dirigido para a área da saúde, que estabelecem hierarquias raciais entre brancos e negros. Utilizando dados de pesquisa com o caderno de saúde de um jornal impresso paranaense, analisa: 1) a racialização dos negros, com o uso de estratégias discursivas que estabelecem os brancos como padrão de humanidade; 2) a sub-representação de negros em contextos que fazem referência à saúde, o que provavelmente contribui para a manutenção das desigualdades sociais existentes entre brancos e negros.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18568/cmc.v8i21.216

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Comunicação Mídia e Consumo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Diretórios e Indexadores: SCOPUS lREVCOM l UNIVERCIENCIA l Sumários.org l LIVRE l Latindex l EBSCO l CENGAGE Learning l DOAJ l IBICT/SEER l Portal de Periódicos da CAPES l Diadorim  |  

Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP

CEP: 04018-010 - e-mail: revistacmc@espm.br