Fabricando corpos: ficção e tecnologia

Ieda Tucherman

Resumo


Desdobramento dos extensos estudos da autora sobre a ficção científica no cinema como narrativa representativa do mundo contemporâneo, o artigo enfoca especificamente as questões relacionadas ao corpo humano e à tecnologia que emergem dos filmes desse gênero nascido sob o signo da cultura visual médica. As narrativas fílmicas contemporâneas de ficção científica abrem espaço para reflexões sobre as sociedades atuais em mutação e para questionarmos até que ponto, diante da profunda interação homem-máquina, permanecemos ainda humanos.
Palavras-chave: Ficção científica; cinema; tecnociência; corpo; subjetividade.
ABSTRACT
This article draws on my extensive studies on science fiction cinema as a form of narrative which represents contemporary world. The work focus specifically the questions related with the human body and the technology which emerges from sci fi films generated under the sign of medical visual culture. Contemporary filmic science fiction narratives give way to refletions over present mutating societies and to questioning how far, given the deep human-machine interaction, we are still human.
Keywords: Science fiction; cinema; technoscience; body; subjectivity.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18568/cmc.v3i7.71

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Comunicação Mídia e Consumo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Diretórios e Indexadores: SCOPUS lREVCOM l UNIVERCIENCIA l Sumários.org l LIVRE l Latindex l EBSCO l CENGAGE Learning l DOAJ l IBICT/SEER l Portal de Periódicos da CAPES l Diadorim  |  

Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP

CEP: 04018-010 - e-mail: revistacmc@espm.br