O consumo musical midiático e a construção de sentidos por crianças de 9 a 12 anos

Maria José Dozza Subtil

Resumo


O presente texto propõe uma reflexão sobre sentidos atribuídos à música por crianças de 9 a 12 anos, considerando o consumo midiático como indutor de significados. Adorno, Horkheimer e Benjamin auxiliam na compreensão da dimensão contraditória da indústria cultural, e Said, Eco e Green são utilizados para discutir as significações musicais. Os dados resultam de entrevistas e questionários com crianças de quarta série, que revelaram a predominância da televisão na produção do gosto musical.

Palavras-chave


Consumo midiático; significações musicais; educação musical

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18568/cmc.v7i20.284

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Comunicação Mídia e Consumo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Diretórios e Indexadores: REVCOM l UNIVERCIENCIA l Sumários.org l LIVRE l Latindex l EBSCO l CENGAGE Learning l DOAJ l IBICT/SEER l Portal de Periódicos da CAPES l Diadorim  | 

Rua: Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo - SP

CEP: 04018-010 - e-mail: revistacmc@espm.br